Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

OS IMÓVEIS QUE CUSTAM DEZENAS DE MILHÕES DE REAIS NO BRASIL

E-mail Imprimir PDF
Marília Almeida Marília Almeida, de EXAME.com

imóveis altos
Casa de condomínio em Belém, em Porto Alegre, tem 5 quartos e custa R$ 13 milhões
 
São Paulo - Ter alguns milhões de reais no bolso pode não ser o valor suficiente para adquirir casas e apartamentos de luxo no mercado imobiliário brasileiro. A quantia necessária para comprar alguns imóveis de alto padrão à venda no país pode atingir até a casa das dezenas de milhões de reais.
E não é difícil encontrar unidades com preços a partir de 10 milhões de reais, de acordo com levantamento feito em oito cidades brasileiras por EXAME.com, com base em anúncios das imobiliárias de luxo SIR Bossa Nova e Coelho da Fonseca e também do classificado online VivaReal.
O imóvel mais caro à venda encontrado na pesquisa é uma casa de 1.800 metros quadrados no bairro dos Jardins, em São Paulo, anunciada por 48 milhões de reais.
De acordo com Luciano Amado, presidente da Bossa Nova SIR, São Paulo e Rio de Janeiro representam 60% do mercado de luxo no país. Outros destaques são cidades como Brasília, a região Sul do país e algumas cidades do Nordeste.
Em São Paulo, o tíquete médio do mercado de altíssimo padrão é de 2,8 milhões de reais, e o valor médio de casas e apartamentos de luxo é de 35 mil reais por metro quadrado, diz Amado.
“A localização nobre é o principal atrativo dessas unidades. Quando combinada com a escassez de imóveis à venda na região e a qualidade de acabamentos da casa ou apartamento, os preços podem ser bem maiores do que essa média”, diz o executivo.
A maior parte das unidades listadas está anunciada para venda na internet. Nesses casos, foi incluído um link com mais detalhes sobre o imóvel. Já no caso das unidades que não possuem anúncios online, foi informado o link para o site da imobiliária responsável. 
Última atualização em Sáb, 25 de Abril de 2015 15:45