Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Imprimir

DIA DO CORRETOR SERÁ FESTEJADO COM FORECI E
ALMOÇO NA SEDE CAMPESTRE DO SINDIMÓVEIS-PR

O Dia do Corretor de Imóveis, 27 de agosto, será comemorado em grande estilo em Curitiba, Paraná. É que lá, no Hotel Pestana, estará acontecendo no dia 26/8, um sábado, a 20ª edição do Fórum Regional dos Profissionais Corretores de Imóveis (Foreci), que será promovido pela Fenaci em conjunto com o Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado do Paraná (Sindimóveis-PR). No dia seguinte, 27/8, um almoço de confraternização na sede campestre do Sindimóveis-PR selará as comemorações pelo Dia do Corretor de Imóveis.

Como costuma acontecer no Foreci, especialistas vão debater em Curitiba o mercado imobiliário em seus diversos aspectos, crédito e financiamento, além de temas relacionados diretamente à profissão do corretor de imóveis, tecnologia e motivação. As inscrições já podem ser feitas online, acessando-se www.foreci.com.br.

POUPANÇA EM ALTA – Para o presidente da Fenaci, Joaquim Ribeiro, embora ainda estejamos diante de situações de difícil resolução no que se refere à política, a economia e o mercado imobiliário se recuperam e já vislumbram alguma luz no fim do túnel.

“Para ficar só num exemplo, foi divulgado por estes dias que a caderneta de poupança, principal fonte de recursos para o crédito imobiliário, pelo segundo mês consecutivo contabilizou mais depósitos do que retiradas. Em junho, a diferença entre depósitos e saques deixou um saldo positivo de R$ 6 bilhões – o melhor resultado para o mês desde 2013, quando a caderneta captou R$ 9,4 bilhões.  A queda da inflação tem contribuído para o bom desempenho da rentabilidade e da captação da poupança. No acumulado de 12 meses até maio, por exemplo, a caderneta teve ganho real de 4,3%. Esse é o melhor resultado para o período desde 2006”, destaca Ribeiro.

Ainda como prova de que o mercado imobiliário continua pulsante, Ribeiro lembra a recente entrega de prêmios da 24ª edição do Topo Imobiliário, promovido pelo jornal “Estadão”, em São Paulo, onde segundo ele, o excelente desempenho das três vencedoras e das demais empresas ranqueadas, respectivamente, nas categorias incorporação, vendas e construção, mostraram que o setor de imóveis continua vivo, pulsante, e segue em frente, driblando, com talento e dedicação, os empecilhos econômicos advindos a partir do caos político que tomou conta do país”.

Segundo Ribeiro, tais exemplos servem para comprovar que a Fenaci está no caminho certo, levando para os mais diferentes recantos do país eventos como o Foreci previsto para Curitiba, dia 26 de agosto.

MELHOR LUGAR PARA SE INVESTIR – Para José Roberto Infante Bonatto, presidente do Sindimóveis-PR, o fator político ainda atrapalha, mas as expectativas são as melhores possíveis para a realização do Foreci Curitiba.

“Como todo mercado imobiliário nacional está afetado pela conjuntura política do Brasil, a situação não é diferente no Paraná, apesar de o Estado, no ano passado, ter sido eleito por uma revista inglesa com um dos melhores lugares para se investir da América Latina. O assunto, inclusive, foi tema de uma palestra que ministrei na Conferência Internacional da NAR (National Assoation Realtors), em Orlando, nos Estados Unidos”, comenta Bonatto que iniciou atuação na área sindical no Secovi-PR, tendo passado pela primeira rede imobiliário do país, a Merconopi, até chegar ao Sindimóveis-PR, onde foi diretor-secretário por quatro gestões, até assumir a presidência, em 2016.

Atual de diretor de Assuntos Internacionais da Fenaci, Bonatto já organizou três delegações para participar de congressos nos EUA – Miami, Orlando, New Orleans e San Diego. Neste ano já está organizando uma delegação nacional para participar da Conferência da NAR, em Chicago.

Segundo Bonatto, Curitiba tem características diferenciadas em termos de urbanismo e se constitui num ótimo lugar para sediar eventos como o Foreci.

“Hoje famosa pelas investidas do juiz Sergio Moro e a operação Lava Jato, a capital do Paraná já está sob os holofotes há muito tempo. Desde os anos 1970, Curitiba tem fama internacional porque na cidade existe dinheiro, porque vive-se bem, porque os moradores preocupam-se com o urbanismo e a sustentabilidade. Os outros brasileiros brincam às vezes com o caráter frio e europeu do município, além de tudo, o que não é corroborado pelo clima: basta dizer que as quatro estações cabem em um dia de Curitiba. Durante as últimas décadas, o governo local promoveu uma imagem exemplar, com os slogans ‘Cidade Sorriso’, ‘Cidade Ecológica’ e ‘Capital Social do Brasil’.”

SINDICATO BEM ESTRUTURADO – Bonatto fala ainda com muito orgulho do Sindimóveis-PR, que é um dos sindicatos de corretores de imóveis mais bem estruturados do país.

“O Sindimóveis-PR oferece aos associados, uma sede própria comercial com cinco salas no centro da cidade, onde está instalado o Caixa Aqui, uma vez que somos correspondente da Caixa; a Unimóveis (universidade corporativa com 16 cursos livres); Bolsa de Emprego do Mercado Imobiliário, serviço de RH, recrutamento e seleção, treinamento, de corretores, funcionários administrativos e estagiários (que será reinstalada a partir de agosto). Temos outra sede locada, com 450 m²,onde oferecemos o espaço para  o corretor com duas salas, auditório para 70 pessoas, espaço gourmet para 40 pessoas, todo equipado com churrasqueira e área internacional. Fizemos uma parceria com uma empresa de Chicago, nos EUA, onde o corretor levando um cliente pode viabilizar financiamentos internacionais, e o corretor é remunerado a partir de U$ 500,00.”

Bonatto desta ainda, com relação ao Sindimóveis-PR,  a Câmara de Conciliação, com uma equipe de dez conciliadores, com um setor jurídico, a sala da diretoria com mesa de reunião, área administrativa e financeira, e um estacionamento próprio para 40 carros.

Além de convênios na área de saúde, cujos valores chegam a até 40% do preço de balcão, o Sindimóveis-PR tem uma sede campestre com salões com capacidade para 100 lugares cada, com churrasqueira, bosque, lago, campo de futebol e vestiários.

A sede esta sendo reformada para o encerramento do Foreci Curitiba e a homenagem ao Dia do Corretor.
O Sindicato ainda tem sede própria em Maringá, com salão de festa e churrasqueira. E também terrenos para construir em Pato Branco, e Cascavel, Altonia e Litoral.